Qual é o melhor momento para empreender?

Categoria: 

Ser dono do seu próprio negócio é o sonho de muitas pessoas. Sem dúvidas, essa pode ser uma das aventuras mais gratificantes da vida.

Empreender significa encontrar paixão no trabalho, criar sua própria rotina, ter um bom retorno financeiro se tudo der certo e, claro, é uma experiência valiosa.

Mas nem tudo são flores no caminho. Antes de tomar essa decisão é preciso se comprometer e estar preparado para enfrentar momentos bons e ruins, dedicar tempo, dinheiro e esforços para que o negócio prospere.

Mas qual é o momento ideal para entrar no mundo do empreendedorismo? Quando você ainda é jovem, tem tempo disponível e muitas ideias na cabeça? Ou quando você já tem estabilidade financeira e experiência suficiente para arriscar ter seu próprio negócio?

O fato é que não existe uma resposta absoluta. Cada caso é um caso e existem muitos fatores que podem interferir nessa decisão.

Mas não pense que fizemos você clicar neste artigo para te falar que não existe uma resposta certa. Nos próximos tópicos, trouxemos algumas dicas para descobrir qual o momento certo para você empreender. Acompanhe!

 

O que significa empreendedorismo?

Essa pode ser a palavra da moda, mas seu significado vai muito além. Podemos entender o empreendedorismo como a capacidade e disposição para identificar problemas, criar soluções e trazer algo positivo para a sociedade.

O empreendedorismo está intimamente ligado à inovação e pela tomada de riscos. Seja com uma empresa, um projeto ou movimento que cause impacto e mudança na vida das pessoas.

 

Qual o perfil do empreendedor?

Ninguém nasce empreendedor e sim, torna-se empreendedor. É por meio de estudos e estímulos sociais que as características empreendedoras se destacam.

Veja algumas características de pessoas com perfil empreendedor:

  • Coragem: O medo de falhar impede muitas pessoas de correrem atrás dos seus sonhos e é isso que diferencia os empreendedores dos outros. Eles são destemidos e enfrentam todos os obstáculos que encontrarem no caminho;
  • Otimismo: empreendedores de sucesso não só acreditam que tudo vai dar certo, como também correm atrás dos seus objetivos.
  • Autoconfiança: acreditar em si mesmo é um passo fundamental para levar um negócio adiante. A autoconfiança permite resolver problemas com mais facilidade e arriscar mais;
  • Persistência: não desistir na primeira dificuldade e se reerguer ainda mais forte são características importantes para um empreendedor de sucesso.
  • Identificou-se com esse perfil? Se sim, pode ser o momento de começar a empreender.

     

    Vale a pena empreender na crise?

    Abrir um negócio durante a crise econômica que o Brasil enfrenta tem seus prós e contras. Ao mesmo tempo que essa é uma fase de instabilidade, também é de oportunidades.

    E justamente para aproveitar as oportunidades que o número de empreendedores no país aumentou nos últimos anos. Seja para driblar o desemprego ou preencher uma fatia do mercado, ser dono do próprio negócio pode ser uma boa opção.

    Portanto, se você deseja empreender mesmo com a crise, procure conhecer os hábitos de consumo do seu público e aproveite as tendências do mercado. Assim, seu negócio terá mais chances de prosperar.

       Qual a sua ideia de negócio?

  • O trabalho do empreendedor começa bem antes do negócio se concretizar. É preciso saber exatamente em qual área pretende atuar, quais produtos ou serviços vai oferecer, como o mercado receberá esse negócio etc.

    Ter uma ideia de negócio e se apaixonar por ela é o primeiro passo para ser um empreendedor de sucesso. Mas não é o suficiente. Você precisa compreender bem o mercado que vai entrar.

    Se você ainda não tem uma ideia de negócio, experimente fazer perguntas do tipo:

  • Quais atividades me deixam feliz?
  • Conseguiria dedicar boa parte da minha vida a esse tipo de negócio?
  • Qual padrão de vida quero ter futuramente?
  • Qual meu objetivo financeiro com esse negócio?
  • Qual fator vai definir meu sucesso? (ex: dinheiro, qualidade de vida, reconhecimento etc).

Essas perguntas ajudarão a se guiar melhor pelo caminho e encontrar um equilíbrio entre ter um negócio lucrativo e paixão pelo que faz.

 

Como fazer um plano de negócios?

Chegou a hora de transformar as suas ideias em realidade! Um plano de negócios é um passo importante para definir o seu sucesso como empreendedor.

Um plano de negócios é um documento fundamental para direcionar todas as atividades do seu negócio. Ele abrange pontos importantíssimos para a concretização de uma empresa. Confira os principais:

  • Missão, visão e valores;
  • Quantidade de sócios e atribuições de cada um;
  • Plano de marketing;
  • Regime Tributário;
  • Fonte de recursos e investimento;
  • Análise de mercado (estudo dos clientes, concorrentes e fornecedores);
  • Funcionamento (espaço físico, funcionários, processos operacionais, capacidade produtiva, comercial e de prestação de serviços);
  • Preço dos produtos;
  • Prazo para retorno do investimento.

É a partir do plano de negócios que você consegue analisar a viabilidade da sua ideia de negócio para, então, colocá-la em prática.

 

Vale a pena ser um Microempreendedor Individual?

A formalização é outra parte importante para qualquer negócio. Se você quer empreender, pode começar da maneira mais simples: sendo um Microempreendedor Individual (MEI).

Essa modalidade permite que você tenha um CNPJ, o que facilita para abrir uma conta bancária, solicitar empréstimos, emitir nota fiscal e cuidar de todas as burocracias em uma empresa exige.

Mas nem toda empresa se enquadra nesse regime de tributação. Para abrir um MEI é necessário faturar até R$6.750,00 por mês ou R$81.000,00 por ano. Além disso, não é permitido que a pessoa seja titular ou sócia de outra empresa e ter no máximo um funcionário.

O microempreendedor tem direito à aposentadoria, auxílio-maternidade, auxílio-doença, entre outros.

Como despesas, o contribuinte precisa fazer uma pagamento mensal de R$47,70 que pode variar de acordo com o tipo de atividade exercida. O valor corresponde a 5% do salário mínimo vigente, mais R$1,00 direcionado ao ICMS.

Grande parte dos novos empreendedores começam o negócio sozinhos e por isso, o MEI é uma opção vantajosa para se formalizar.

 

Se for o momento certo, então vai!

Depois de analisar todos os tópicos anteriores você já deve ter mais clareza se realmente é a hora certa de se tornar um empreendedor.

Se você perceber que agora é o melhor momento para empreender, comece logo a tirar sua ideia do papel. Faça pesquisas, invista em conhecimento e planeje com calma. Não pule etapas e planeje tudo com cautela.

Agora queremos ouvir você! Conte aqui nos comentários qual sua maior dificuldade para começar a empreender!

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...